sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Saiba porque o seu lugar no ranking SEO está a cair (e as 7 formas de dar a volta)




O meu lugar no ranking está a cair, o que devo fazer?
Esta é uma das questões mais colocadas pelos marketeers de hoje.
Se o seu objetivo for assegurar a manutenção da classificação no ranking Google, existem 7 coisas que deve fazer quando começar a notar uma queda de keywords:


Solução #1: Links Internos

O maior erro de vários sites é tenderem a esquecer-se de usar links internos, através dos quais poderiam ligar uma página a outra. Mesmo os que costumam usar links internos, provavelmente estarão a usar frases de ligação inadequadas.
Ligar internamente os artigos do site irá ajudar a posicionar palavras na long tail do ranking SEO Google.
Mas não espere resultados imediatos. Usualmente são precisos cerca de 3 meses para que estes links comecem a gerar efeitos. Convém também não esquecer que não é pelo simples facto de ir aos seus posts antigos e colocar toneladas de links internos que a sua classificação no ranking vai subir. Será necessário conduzir este processo ao longo do tempo.


Solução #2: Acelere o seu site

Em 2010, o Google anunciava que iria passar a considerar a velocidade de abertura dos sites para determinar a posição dos mesmos no seu ranking. Sabe porquê?
O Google reparou que os sites de abertura lenta estavam frequentemente associados a uma má experiência por parte do utilizador, fazendo com que os mesmos usassem menos vezes o Google… e tal significava um menor rendimento.


Solução #3: Construa links, mas não para a página que caiu no ranking

Quando o seu lugar no ranking cai, qual a primeira coisa que lhe vem à cabeça? Preciso urgentemente de construir mais links, certo?
A maioria das pessoas comete o erro de construir toneladas de links para a página web que caiu no ranking. Mas o Google é esperto e consegue detetar se a página está a ganhar links a um ritmo não natural. Então, se construir demasiados links para a página web que caiu no ranking, irá notar que o seu lugar irá cair ainda mais.
Mas se contruir links para outras páginas internas, que não a que caiu no ranking, e evitar usar textos-âncora densos, irá reparar que o seu lugar no ranking não só poderá estabilizar, como até aumentar.


Solução #4: Atualize a sua página

Esta tática é provavelmente a mais simples de todas elas, e por norma é também a mais eficaz.
O Google prefere páginas novas a desatualizadas. Assim, ao atualizar conteúdos e imagens à sua página estará a proporcionar uma melhor experiência para o utilizador.
Isto fará com que as pessoas permaneçam no site por mais tempo, fazendo-as ligar-se ao seu site e até partilharem nos media.


Solução #5: Aumentar a taxa de cliques

Se perder algum tempo na sua conta Google Webmaster Tools, irá reparar que o Google contabiliza a taxa de cliques no seu site.
Se uma ferramenta de busca detetar que os cliques no seu site são extremamente baixos comparados com a sua posição no ranking, poderá facilmente baixar a sua posição.
Para combater isto, otimizar a sua descrição no title tag e meta tag poderá ajudar a aumentar a sua taxa de cliques no site.
Pode fazer isto usando algumas das seguintes keywords, nas suas meta tags, dado serem estas as mais clicáveis:

  1. How to
  2. [List-related numbers]
  3. Free
  4. You
  5. Tips
  6. Blog post
  7. Why
  8. Best
  9. Tricks
  10. Great
Outra forma de aumentar o seu número de cliques será através do Google Authorship.
Ao adicionar a sua fotografia junto da sua posição na pesquisa Google, estará apto a destacar-se dos restantes e aumentar potencialmente a sua taxa de cliques em 150%.

Tudo o que precisa de fazer é seguir estes 3 passos:

  1. Garantir que tem uma foto de perfil com uma cara bastante reconhecível.
  2. Garantir que tem uma assinatura que apareça em cada artigo (ex., ‘Por Loyty’)
  3. Garantir que o nome da assinatura está de acordo com o nome do seu perfil Google+

Solução #6: Otimize o seu design

Os dispositivos móveis e tablets estão a crescer a um passo tão grande como os computadores e portáteis. Ao assegurar que o seu website é compatível com todo o tipo de dispositivos, irá aumentar as probabilidades de o seu lugar no ranking se manter elevado.
De outra forma, seria uma má escolha o Google continuar a colocar continuamente no ranking sites não responsive quando uma larga margem de utilizadores usam telemóveis.
Através do Google Analytics, poderá ver o tipo de dispositivos que as pessoas estão a usar para visitar o seu website: desde telemóveis a tablets ou computadores.

Uma forma simples de assegurar que está a fornecer uma boa experiência móvel é assegurar que o seu site abre mais rápido, pois nem todos têm um plano de análise de dados rápido.
A seguir, pode garantir que está a fornecer uma boa experiência móvel ou tablet tornando o design do seu website responsive. Desta forma, não importa qual o tamanho do ecrã que a pessoa está a usar, o design do seu site irá adaptar-se a ele.


Solução #7: Aumentar a sua taxa de partilhas sociais

Muito se tem discutido sobre o facto de as partilhas nas redes sociais terem ou não impacto no lugar ocupado no ranking Google. Quer tenham ou não, a verdade é que mais partilhas sociais representam mais tráfego. E quanto mais as pessoas visitam o website, maior a probabilidade de alguém fazer um link para a sua página. E mais links significam lugares no ranking mais elevados.  

Existem 7 formas simples de conseguir mais partilhas sociais da sua página web:

  1. Adicionar botões de partilha social na suas páginas web. Da mesma forma que usa os plugins do seu blog, como o Sharebar, também quererá usar botões sociais nas páginas web que contenham conteúdo valioso.
  2. Se tem um blog, pode sempre pedir aos seus leitores para partilharem uma página web específica, via Twitter ou Facebook.
  3. Se tem contato com pessoas influentes nas redes sociais, peça-lhes que partilhem a sua página web.
  4. Se ainda não usou o Triberr, deve dar uma olhadela.
  5. Pode sempre pagar por uma partilha social através do Twitter ads.
  6. Pode pagar pelas partilhas e ‘gostos’ no Facebook através do Facebook ads.
  7. Persuada os seus visitantes dando-lhes um ebook grátis em troca de uma partilha social.


Sem comentários:

Publicar um comentário